Diretor
Diretor

Mauricio Tortosa, diretor-presidente

A contribuição formal dos setores criativos ao PIB do Brasil em 2010 foi de R$ 104,37 bilhões ou 2,84% do total. Hoje existem mais de 1 milhão de brasileiros empregados nos setores criativos, com um crescimento de mais de 90% nos últimos 10 anos. Em muitos países (como EUA, Reino Unido, Austrália e China) a criatividade é incentivada por políticas públicas e tratada como a matéria-prima por excelência da inovação. Essa nova economia cresce, graças à sociedade do conhecimento e ao impacto do acesso a internet pelo celular.

"Nossa sociedade mudará mais nos próximos 5 anos que nos últimos 50"

O debate sobre a formação e ensino para o desenvolvimento de competências criativas merece mais atenção no nosso país. A construção dessas competências vai muito além da instrução e difusão de conteúdos de natureza técnica, e envolve um olhar múltiplo e transdisciplinar que integra valores, técnica e sensibilidade, empreendedorismo, habilidades sociais e de comunicação, compreensão de dinâmicas de mercado, informação política e capacidade de articulação. Este professional ainda é pouco encontrado aqui, embora exista demanda crescente por ele. A EBAC vem auxiliar na diminuição desse déficit, oferecendo educação de disciplinas criativas, com qualidade mundial, para estimular a economia criativa no Brasil.

Ao assumir esse desafio, assumo também a missão de garantir o conhecimento e o aprendizado dos alunos fomentando suas habilidades e valores. Abraçar a criatividade deles e suas manifestações, dentro da diversidade de culturas do povo mestiço do Brasil, abre infinitas possibilidades. No Brasil os desafios são enormes mas ainda há muita oportunidade. Nossos investimentos não se justificam somente pelo crescimento de empregos criados pelos setores criativos ou pela contribuição da cultura e da criatividade no PIB, mas especialmente porque a cultura é o nosso primeiro recurso econômico. Tenho certeza que em 10 anos o Brasil descobrirá que não será mais necessário atravessar fronteiras para ter acesso a uma das melhores escolas de disciplinas criativas do mundo.