Sesc Avenida Paulista tem identidade visual de inauguração criada por professores da EBAC

Neste domingo (29) acontece a inauguração do aguardado Sesc Avenida Paulista. O designer Kiko Farkas, consultor e professor da EBAC no curso de Especialização em Design Gráfico, desenvolveu e produziu a identidade visual de inauguração desta nova unidade, em parceria com o também professor da EBAC Julien Sappa.

Kiko é o autor de trabalhos conhecidos que certamente já passaram pelos seu olhos como as capas de livros da Editora Companhia das Letras, os cartazes para a Osesp e identidades de eventos como o Jazz na Fábrica.  Mas, segundo ele, este projeto para o Sesc foi diferente de tudo o que já havia feito antes, porque foi pensado de forma 100% digital.

EBAC: Como foi o processo de criação da identidade visual do novo Sesc Avenida Paulista?
Kiko Farkas: A gente trabalhou pela primeira vez com uma identidade visual temporária, que foi feita especialmente para comunicar a inauguração. Procuramos atender uma demanda do Sesc, com a ideia de criar uma identidade presente em todos os lugares, de uma maneira não física. É como se ela estivesse pairando no ar e apenas presente no mundo digital, com uma forma mutante e uma alma que permeia todos esses ambientes. Com essa ideia em mente, procurei o Julien, que é especialista na criação de algoritmos voltados ao design gráfico e a partir daí, desenvolvemos essa nova forma juntos.

8001.png

E: Como foi criar uma identidade visual 100% digital?
K: Foi criado um programa de visualização da ideia, onde alguns parâmetros foram definidos e cheguei à conclusão de que essa forma é um ser vivo. Para cada abertura ou inauguração, o Sesc faz um exoval de comunicação impressa. Como a gente entrou com o universo digital, toda a estratégia de produção teve que ser alterada de acordo com essa nova identidade, então foi um processo difícil, feito em um curto prazo de tempo.

E: Como esse ser vivo tomou forma?
K: Da criação de layouts analógicos, que foram transpostos para códigos, gerando essa forma gráfica interativa. Julien conta que até mesmo os bugs (falhas de sistema), ajudaram na criação do elemento, como ricas fontes de inspiração durante o processo. Outra grande referência, foi o design moderno desse novo prédio, inspirado em conceitos de arte, corpo e tecnologia.


Kiko Farkas e Julien Sappa colaboram com o curso de Especialização em
Design Gráfico

Conheça também os outros cursos livres da EBAC:
Ilustração
Criação e Design: Fundamentos
Direção de Criação Digital