PT
PT EN
Year Zero: Foundation Art and Design
Year Zero: Foundation Art and Design

Year Zero: Foundation Art and Design

O primeiro passo para obter o diploma de bacharelado britânico.

Início das aulas em 19 de Agosto de 2019

O Year Zero: Foundation Art and Design, o Ano Zero do British Higher Education oferecido pela EBAC, é um programa fundamental na formação de todo criativo. Ao exercitar a pesquisa, exploração, geração de ideias, resolução de problemas, pensamento crítico e o desenvolvimento de projetos criativos nas áreas de design gráfico, ilustração e arte, o estudante ganha clareza na escolha do seu futuro estudo nas áreas das disciplinas criativas. Ao final desse ano ele estará seguro para tomar a importante decisão sobre a carreira que irá seguir. Neste momento o aluno escolhe uma das opções que a EBAC oferece para continuar seus estudos e finalizar a sua graduação.

As aulas dão um amplo escopo de arte, design, suas muitas variações e vertentes. O aluno é levado a explorar as opções disponíveis antes de realmente entender quais são seus pontos mais fortes. A EBAC também oferece aulas de inglês como parte da formação do aluno. Caso ele não possua um portfólio de trabalhos artísticos ou qualquer experiência em criação, indicamos o curso Preparatório para Graduação: Pre-Foundation.

Duração

Conforme calendário
acadêmico.

Integral - 1 ano (Agosto 2019)
Níveis de formação

Сonforme Sistema
Educacional Britânico.

Level 3
Level 4
Investimento

Consulte outras formas de pagamento
e financiamento com a Secretaria da EBAC.

Mensalidade R$ 3.900
Idioma Inglês

O QUE FAZ O CURSO ÚNICO?

ENSINO BRITÂNICO

Os alunos se inserem num ambiente de estúdio criativo no qual as aulas são organizadas conforme metodologias de ensino britânico, favorecendo tomadas de decisão autônomas. O curso é coordenado pelo artista plástico inglês Michael Burkitt que segue esse sistema de ensino que contribui para a libertação da criatividade, conduzindo para a formação de um aluno confiante, motivado e capaz – os alunos do Foundation Art and Design, o Ano Zero do programa britânico de graduação, encontram seus pontos fortes e estabelecem seus próprios caminhos. A metodologia permite aos alunos desenvolver sua criatividade individualmente e se preparar para ingressar nos cursos de bacharelado britânico.

PREPARAÇÃO DO PORTFÓLIO

Durante as aulas, os alunos trabalham na criação de seu próprio portfólio de trabalhos. Eles são acompanhados por professores experientes que os auxiliam para seguir no programa britânico de graduação. As habilidades para criação de um portfólio também são necessárias para ingressar no mercado.

ESTUDOS CULTURAIS

Os alunos visitam com os professores galerias de arte contemporânea, exposições, produtoras, museus da cidade de São Paulo e também fora da capital, como Inhotim, maior acervo de arte contemporânea do país, que fica em Minas Gerais. O objetivo das visitas é ampliar  repertório visual e cultural, o que os auxilia no desenvolvimento de uma linguagem artística própria.

PRÁTICA LINGUÍSTICA ATIVA

O ensino de inglês acontece de acordo com métodos avançados que consideram as especificidades lexicais da área de design. Atenção especial é dada ao desenvolvimento da fala e à capacidade de expressar corretamente ideias e pensamentos. Os alunos assistem aulas de inglês duas vezes por semana antes de fazer o teste internacional IELTS, que é uma condição obrigatória para o ingresso nos cursos de bacharelado britânico.

EXPOSIÇÃO FINAL ABERTA AO PÚBLICO

Os alunos participam de uma exposição anual em que apresentam seus trabalhos finais de acordo com a área de interesse de cada um: Graphic Design e Illustration. A apresentação acontece na EBAC com visitação aberta ao público. Nesse momento, o aluno tem a oportunidade de vivenciar na prática os principais desafios durante todo o processo de preparação e apresentação de uma exposição final.

TÉCNICAS TRADICIONAIS, MÉTODOS CONTEMPORÂNEOS

O estúdio de impressão introduz os alunos a um amplo repertório de técnicas tradicionais e métodos que contribuem para a arte contemporânea da impressão. Os alunos do Foundation desenvolvem metodologias experimentais através de novos processos, materiais e mídia mista. O estúdio de impressão dá suporte a quatro processos de impressão: impressão de tela (silkscreen), impressão em relevo, intaglio e litografia (ou litogravura).

EXPERIMENTAÇÃO: A CHAVE DA CRIATIVIDADE

Experimentação e ousar riscos criativos levam a confiança, originalidade e inovação. Os alunos do Foundation desenvolvem trabalhos inventivos, usando métodos para combinar diversas técnicas e processos criativos. Eles entendem como se expressar de forma criativa, desenvolvendo um repertório de aptidões técnicas. São desafiados a sair da sua zona de conforto quando realmente começam a ver os resultados de suas experiências. O desenvolvimento dessas habilidades é possível quando podemos contar também com grandes parceiros, como é o caso do Studio Pharus. O network com o mercado viabiliza grandes oportunidades, como visitas à exposições, desenvolvimento de projetos com briefings reais e até oportunidade de estágio. 

ESTÚDIOS E SALAS DE AULA BEM EQUIPADAS

Nossos alunos têm acesso a laboratórios de última geração com equipamentos das marcas Dell e Apple, para os auxiliar nas idéias mais ousadas no campo digital. A escola também conta com um centro de impressão de larga escala, com impressora HP, que possibilita os alunos a realizar seus trabalhos mais ambiciosos.

ENSINO BRITÂNICO

Os alunos se inserem num ambiente de estúdio criativo no qual as aulas são organizadas conforme metodologias de ensino britânico, favorecendo tomadas de decisão autônomas. O curso é coordenado pelo artista plástico inglês Michael Burkitt que segue esse sistema de ensino que contribui para a libertação da criatividade, conduzindo para a formação de um aluno confiante, motivado e capaz – os alunos do Foundation Art and Design, o Ano Zero do programa britânico de graduação, encontram seus pontos fortes e estabelecem seus próprios caminhos. A metodologia permite aos alunos desenvolver sua criatividade individualmente e se preparar para ingressar nos cursos de bacharelado britânico.

PREPARAÇÃO DO PORTFÓLIO

Durante as aulas, os alunos trabalham na criação de seu próprio portfólio de trabalhos. Eles são acompanhados por professores experientes que os auxiliam para seguir no programa britânico de graduação. As habilidades para criação de um portfólio também são necessárias para ingressar no mercado.

ESTUDOS CULTURAIS

Os alunos visitam com os professores galerias de arte contemporânea, exposições, produtoras, museus da cidade de São Paulo e também fora da capital, como Inhotim, maior acervo de arte contemporânea do país, que fica em Minas Gerais. O objetivo das visitas é ampliar  repertório visual e cultural, o que os auxilia no desenvolvimento de uma linguagem artística própria.

PRÁTICA LINGUÍSTICA ATIVA

O ensino de inglês acontece de acordo com métodos avançados que consideram as especificidades lexicais da área de design. Atenção especial é dada ao desenvolvimento da fala e à capacidade de expressar corretamente ideias e pensamentos. Os alunos assistem aulas de inglês duas vezes por semana antes de fazer o teste internacional IELTS, que é uma condição obrigatória para o ingresso nos cursos de bacharelado britânico.

EXPOSIÇÃO FINAL ABERTA AO PÚBLICO

Os alunos participam de uma exposição anual em que apresentam seus trabalhos finais de acordo com a área de interesse de cada um: Graphic Design e Illustration. A apresentação acontece na EBAC com visitação aberta ao público. Nesse momento, o aluno tem a oportunidade de vivenciar na prática os principais desafios durante todo o processo de preparação e apresentação de uma exposição final.

TÉCNICAS TRADICIONAIS, MÉTODOS CONTEMPORÂNEOS

O estúdio de impressão introduz os alunos a um amplo repertório de técnicas tradicionais e métodos que contribuem para a arte contemporânea da impressão. Os alunos do Foundation desenvolvem metodologias experimentais através de novos processos, materiais e mídia mista. O estúdio de impressão dá suporte a quatro processos de impressão: impressão de tela (silkscreen), impressão em relevo, intaglio e litografia (ou litogravura).

EXPERIMENTAÇÃO: A CHAVE DA CRIATIVIDADE

Experimentação e ousar riscos criativos levam a confiança, originalidade e inovação. Os alunos do Foundation desenvolvem trabalhos inventivos, usando métodos para combinar diversas técnicas e processos criativos. Eles entendem como se expressar de forma criativa, desenvolvendo um repertório de aptidões técnicas. São desafiados a sair da sua zona de conforto quando realmente começam a ver os resultados de suas experiências. O desenvolvimento dessas habilidades é possível quando podemos contar também com grandes parceiros, como é o caso do Studio Pharus. O network com o mercado viabiliza grandes oportunidades, como visitas à exposições, desenvolvimento de projetos com briefings reais e até oportunidade de estágio. 

ESTÚDIOS E SALAS DE AULA BEM EQUIPADAS

Nossos alunos têm acesso a laboratórios de última geração com equipamentos das marcas Dell e Apple, para os auxiliar nas idéias mais ousadas no campo digital. A escola também conta com um centro de impressão de larga escala, com impressora HP, que possibilita os alunos a realizar seus trabalhos mais ambiciosos.

Mais detalhes

Assista ao vídeo que explica detalhadamente todas as etapas do Year Zero: Foundation Art and Design:



Como parte da sua jornada no British Higher Education, o aluno trabalha em desenvolvimento de pesquisas, consolidação e execução de projetos. Ele irá se familiarizar com todos os aspectos do trabalho do designer contemporâneo para se sentir seguro nas suas escolhas de carreira. Para prosseguir nos próximos anos BA (Hons), é necessário que o aluno apresente um portfólio acadêmico que será avaliado ao final do Ano Zero.
Ao completar de forma bem-sucedida o programa, os estudantes tipicamente têm:

Conhecimento e entendimento de:
- Conhecimento aprofundado dos principais conceitos de arte e design
- Práticas específicas aprofundadas nas áreas de design gráfico e ilustração
- Conhecimento teórico aprofundado

Habilidades Intelectuais:
- Processamento de ideias e condução de processos
- Habilidade de pesquisa e solução de problemas complexos
- Análise crítica e capacidade de resposta rápida
- Criatividade no momento de resolver problemas

Habilidades Práticas:
- Produção de projetos ambiciosos nas áreas de arte e design
- Gerenciamento aprofundado de projetos
- Desenvolvimento de projetos com capacidade analítica apurada, considerando o que há de mais contemporâneo na área
- Liderança
- Saber comunicar seu projeto para audiência especializada e leiga

Habilidades Socioemocionais: 
- Motivação, disciplina e avaliação do próprio trabalho
- Negociação, articulação e empatia
- Desenvolvimento independente, profissional e autônomo
- Saber dar e receber feedbacks de forma construtiva
- Mentalidade empreendedora: avaliar riscos e tomar decisões
Parte 1 (10 semanas):
Segunda à Sexta-feira das 10:00 às 16:00

Partes 2 e 3 (a partir da 11ª semana):
Segunda, Terça, Quinta e Sextas-feiras das 10:00 às 16:00

Parte 1 - Pesquisa e Exploração

Imersão dos alunos em atividades criativas, durante as quais comparecem a workshops relevantes e práticos, desenvolvem habilidades práticas chave como desenhar, gerar ideias, pesquisa e resolução de problemas. Projetos estruturais permitem aos alunos experimentar um amplo espectro de atividades criativas. Os alunos são apresentados a diferentes disciplinas e caminhos criativos e desenvolvem clareza entre as escolhas possíveis de futuros estudos disponíveis para eles.

Parte 2 - Consolidação

Os alunos escolhem um caminho específico - uma especialidade - e se preparam para ingressar nos cursos de bacharelado britânico. Eles completam um projeto criativo específico, no qual desenvolvem habilidades técnicas e pesquisa essenciais, assim como produzem um portfólio de alta qualidade para seguir nos cursos de bacharelado britânico.

Parte 3 - Projeto

Os alunos colocam em prática todo o aprendizado adquirido, realizando um projeto final específico do seu campo de interesse. Com o auxílio dos professores, os alunos são desafiados a propor e realizar uma pesquisa como no nível do bacharelado britânico, resultando em um projeto de alta qualidade que será exibido publicamente na escola. No final desta etapa, os alunos desenvolvem uma compreensão sofisticada do seu campo de atuação, aperfeiçoam sua habilidade para pesquisar, resolver problemas, planejar, organizar, analisar e praticar e optar por um dos cursos do bacharelado britânico.
Carlos Pileggi Artista plástico e coordenador do Foundation Art and Design
Alex Affonso Especialista Adobe
Cezar Sperinde Artista Visual, mestre em Media Fine Art na Slade School of Fine Arts, UCL em Londres, Reino Unido
Henry Davies Designer de produto e mestre em comunicação gráfica (UK)
Lauren Housego Ilustradora e educadora (UK)
Marcelo Heleno de Oliveira Artista Plástico e especialista em serigrafia
Mônica Schoenacker Designer e especialista em serigrafia pelo Royal College of Art, Londres

TRABALHOS DOS ALUNOS*

* Do curso idêntico vigente nas instituições parceiras da EBAC (Scream School e British Higher School of Art & Design) e no Reino Unido (University of Hertfordshire)
* Do curso idêntico vigente nas instituições parceiras da EBAC (Scream School e British Higher School of Art & Design) e no Reino Unido (University of Hertfordshire)

Início das aulas em 19 de Agosto de 2019

Os candidatos admitidos no processo seletivo podem se matricular apresentando os documentos:
- Cópia do RG e CPF (ou Passaporte / RNE para alunos internacionais)
- Cópia do Histórico Escolar do Ensino Médio com número de GDAE ou equivalente
- Cópia do Comprovante de Residência (com CEP)
- 1 Foto 3x4 (ou arquivo digital no formato JPG, proporcional 3x4)
- Assinatura do contrato de prestação de serviços educacionais da EBAC
- Inglês intermediário ou avançado*

*O nível de proficiência em inglês do candidato deve ser equivalente aos certificados oficiais: IELTS Academic 5.0 ou superior, FCE level b1 overall band 150 or higher, CAE any overall band ou TOEFL iBT 64.

Duração do curso

1 ano

Investimento

Mensalidade R$ 3.900
Aos candidatos que desejam ingressar nos nossos cursos, não é necessário prestar vestibular. A admissão é feita por meio de análise de portfólio e entrevista presencial em inglês. 

- Preencha o formulário de inscrição online e aguarde o contato de um representante da EBAC para agendar a sua entrevista.
- Compareça à entrevista de admissão no dia e hora marcados, com o seu portfólio de trabalhos. 

Como devo apresentar meu portfólio:
O seu portfólio é uma vitrine do seu trabalho que demonstra a sua criatividade, personalidade, habilidades e comprometimento, acentuando sua experiência, potencial e aptidão. 
 
- Um portfólio pode ter qualquer tamanho, dependendo do que contém, mas recomendamos uma pasta portfólio preta A1 ou A2
- Como guia, seu portfólio deve conter entre 10 a 20 folhas
- Selecione exemplares dos seus melhores trabalhos. Isso pode incluir uma seleção de projetos diferentes e 1 ou 2 sketchbooks
- Grandes peças como objetos em 3D ou grandes pinturas podem ser fotografadas e apresentadas em seu portfólio. Garanta que as fotografias tenham qualidade e mostrem bem o seu trabalho.
- Para apresentar trabalhos que possuam movimento (filme, animações, etc), você pode incluir um storyboard com algumas imagens montadas em uma folha. Coloque o arquivo de imagem em movimento em um USB em um formato legível. Inclua uma versão mais curta e editada do trabalho original, se for o caso.

Para saber mais sobre portfólio assista ao video que explica detalhadamente o que você precisa – e a melhor maneira – de apresentá-lo.

notícias do curso

Liderança ainda é desafio para as mulheres no design

Em mais uma matéria dedicada ao mês das mulheres, professoras da EBAC falam sobre a presença de mais mulheres nas salas de aula e de como manter o fluxo é importante para equilibrar a balança da diversidade no mercado. A artista visual Catarina Bessel ressalta a importância de equilibrar o que o mercado deseja com o seu lado autoral: “O meu feminismo aparece quando eu exerço com total liberdade os assuntos que me aparecem”.

Arte é para ver

Os alunos do Foundation Art Design, o Ano Zero do Programa Britânico de Graduação da EBAC, visitaram museus, galerias de arte e ateliês, acompanhados da pesquisadora de arte contemporânea, Vivian Gandelsman, com participação do curador-chefe do Museu de Arte de São Paulo (Masp) durante a visita guiada ao museu. Essas atividades fazem parte do Research Week, uma semana obrigatória que integra o programa oficial do curso, parte inicial da exposição final de final de trimestre. Confira como foram essas visitas.
Tire suas dúvidas NEWSLETTER